Palocci promete entregar computadores de sua consultoria

  • Por Jovem Pan
  • 03/07/2018 08h09
EFE/HEDESON SILVAA liberação de tais “gabinetes” de computadores pode revelar muita coisa

Preso há quase dois anos em Curitiba, o ex-ministro Antonio Palocci prometeu entregar nos próximos dias arquivos que mostram as negociatas da sua consultoria, a Projeto, e empresas que contrataram o trabalho e a influência do petista.

O material está em HDs de computadores e reúne contratos, planilhas e evidências que são mantidas até hoje em segredo nos computadores da consultoria de Palocci.

E a liberação de tais “gabinetes” de computadores pode revelar muita coisa. O sumiço destes computadores era uma das peças-chave. Quando foi realizada a busca e apreensão, a Polícia Federal não encontrou os gabinetes dos computadores. Isso levou a Polícia a imaginar que o conteúdo foi suprimido, em 2016. A alegação foi que os gabinetes foram trocados por laptops.

No acordo de delação, Palocci se comprometeu em entregar esses computadores com todo o conteúdo dentro deles. Estes podem revelar o caminho que é lobby, tráfico de influência, algo que a empresa de Palocci fazia.

Esse é um avanço importante para saber o que consta no acordo de delação do Palocci, que foi fechado pela PF e não pelo MPF e foi homologado pelo Supremo e não pelo juiz Sérgio Moro.

O conteúdo do computador passará por perícia, e só após isso que saberemos os benefícios da delação.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: