Vera Magalhães: Fábio Wajngarten tentará estancar a sangria de popularidade de Bolsonaro

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2019 10h05
Jovem PanFábio Wajngarten não comunga do diagnóstico do núcleo mais próximo de que se deve comprar briga com a imprensa, e acha que isso é responsável por piorar a imagem do presidente

Em meio a batalha da Previdência, o Governo decidiu mexer na Comunicação e convocou Fábio Wajngarten. Ele é antigo aliado e colaborador de Jair Bolsonaro. Ele tem empresa de pesquisas que atua em parceria com empresas de comunicação.

Na campanha presidencial, ele ajudou a entabular a estratégia de comunicação do agora presidente. Ele assume a Secom no momento que a propaganda da Previdência é considerada insuficiente para atingir o grande público e deve investir mais recursos e levar a propaganda a grandes veículos.

Ele também vai atuar para institucionalizar a imagem de Jair Bolsonaro. A ideia é que ele atue mais como presidente e menos como candidato e apareça de forma mais profissional e aprofunde o contato com a imprensa profissional. Fábio Wajngarten não comunga do diagnóstico do núcleo mais próximo de que se deve comprar briga com a imprensa, e acha que isso é responsável por piorar a imagem do presidente.

Confira o comentário completo de Vera Magalhães: