Vera: Pedidos de ‘Lula Livre’ se transformaram em ‘Lula Preso’

  • Por Jovem Pan
  • 01/10/2019 08h10
Ricardo Trida/Estadão ConteúdoPetista não pode, no entanto, recusar decisão judicial

A procuradoria entendeu que o ex-presidente Lula já faz jus à progressão para o regime semiaberto. Como os estabelecimentos prisionais brasileiros não tem como garantir esse cumprimento em uma prisão, que ele durma na prisão e saia durante o dia, costuma-se fazer com que o semiaberto corresponda a uma prisão domiciliar. Então se a juíza Carolina Lebos, que cuida da execução penal em Curitiba, entenda que o pedido é correto, é dessa maneira que o petista deverá cumprir o restante de sua pena.

Com a possibilidade de progressão, Lula fez uma manifestação política, seus seguidores foram à Curitiba pedindo, em vez de “Lula Livre”, hashtag “Lula Preso”, uma vez que ele disse que não vai “trocar sua dignidade pela liberdade”, que só quer sair totalmente inocentado, mas não é bem assim que a banda toca. Assim como ele não podia ficar no Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo, e se recusar a ser preso, ele não pode decidir se acata ou não uma decisão judicial e nem se recusar a ser solto caso a juíza assim entenda.

Então Lula faz uma manifestação puramente política, a defesa dele sabe disso, e temos reações opostas dos dois lados: a procuradoria não só alertou para a chegada, até antes mesmo do prazo, da progressão para o semiaberto, como . também abriu mão do pagamento da multa. Lula ainda não pagou os mais de R$ 400 milhões aos quais foi condenado. E a procuradoria, no pedido que faz a juíza, diz que já está assegurado o pagamento da multa porque o petista está com os bens bloqueados, não sendo necessário pagar antes de progredir. No caso de outros presos, eles tiveram que pagar a multa antes de sair da prisão, resultando em um comportamento atípico com Lula.

Os procuradores da força-tarefa perceberam que o momento não é dos melhores para eles por conta de uma série de fatores que vem enfraquecendo a Lava Jato nos últimos meses, desde a ‘Vaza Jato’ até a aprovação de artigos da lei de abuso de autoridade. Eles sabem que existe um pedido para a suspeição do ex-juiz federal Sergio Moro, que pode levar até a anulação da condenação em último caso na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), então estão se antecipando, querendo que Lula vá para o semiaberto para amortizar os ânimos.