Após ameaças do TST, Federação dos Petroleiros anuncia fim da greve

  • Por Jovem Pan
  • 31/05/2018 10h11
Agência BrasilGreve dos Petroleiros atingiu mais de 20 unidades, sendo sete plataformas de produção

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) confirmou que a greve da categoria chegou ao fim. A decisão foi motivada após o TST (Tribunal Superior do Trabalho) anunciar que aumentaria a multa em caso de paralisação.

A orientação da FUP é que os sindicatos suspendam imediatamente a greve deflagrada na última quarta-feira (30). Caso contrário, deve acontecer uma multa pecuniária de R$ 2 milhões ao dia. O movimento de desmobilização deve acontecer ao longo desta quinta-feira (31).

Segundo os petroleiros, a paralisação atingiu mais de 20 unidades, sendo sete plataformas de produção. Já Petrobras afirma que o impacto foi pontual.

Em comunicado, a FUP afirma que a decisão do TST é absurda e revela a tentativa de criminalizar a greve. “os petroleiros saem de cabeça erguida, pois cumpriram um capítulo importante dessa luta, ao desmascarar os interesses privados e internacionais que pautam a gestão da Petrobras”.

Uma das reivindicações da categoria era a saída de Pedro Parente do comando da estatal, além da redução no preço dos combustíveis.