Bancos fazem mutirão para adesão de poupadores a acordo de reposição de perdas com planos econômicos

  • 22/10/2018 09h07
Marcello Casal Jr/Agência BrasilO local de atendimento será no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, em São Paulo, Estado que concentra a maior parte dos poupadores que serão reparados

Começa nesta segunda-feira (22) o primeiro mutirão para adesão de poupadores ao acordo de perdas provocadas pelos planos econômicos Bresser, Verão e Collor 2. O objetivo é facilitar e agilizar os pagamentos devidos aos aplicadores. O poupador poderá receber o dinheiro em até 15 dias.

A alternativa foi proposta após falhas que usuários encontraram ao tentar fazer a adesão por uma plataforma online. Ao todo, a compensação deve beneficiar mais de três milhões de pessoas que vão recuperar R$ 12 bilhões do dinheiro que perderam.

O local de atendimento será no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, em São Paulo, Estado que concentra a maior parte dos poupadores que serão reparados.

A ação, que ocorre até o dia 17 de dezembro, havia sido anunciada pela Advocacia-Geral da União após encontro dos representantes das instituições financeiras e dos poupadores.

O diretor jurídico da Federação Brasileira de Bancos, Antônio Negrão, explicou quem poderá participar do mutirão e como eles devem proceder.

Os representantes das instituições financeiras se comprometeram a disponibilizar funcionários para o mutirão, que ficarão responsáveis por conferir a documentação apresentada pelo poupador para solicitar o pagamento.

A ideia é realizar audiências de 20 em 20 minutos. A estimativa é que cinco mil pessoas sejam atendidas nesse primeiro calendário. Pelo acordo, o pagamento a poupadores com direito a receber até R$ 5 mil será à vista. Quem tiver direito a mais de R$ 5 mil, o pagamento será parcelado.

A opção de adesão pelo site pagamentodapoupanca.com.br também continuará disponível. Lá podem ser encontradas outras informações. Além de São Paulo, outras cidades deverão receber os mutirões a partir de novembro. As datas ainda serão divulgadas.

*Informações do repórter Vinicius Moura