Maduro circula por Caracas para dizer que greve geral marcada pela oposição fracassou

  • Por Jovem Pan
  • 21/07/2017 07h12
A greve geral na Venezuela teve adesão parcial, especialmente no leste da capital do país

Greve convocada pela oposição na Venezuela paralisou parte do país, nesta quinta-feira (20). A paralisação de 24 horas foi marcada alguns dias depois da consulta popular simbólica em que mais de 98% dos participantes votaram contra a formação da Assembleia Nacional Constituinte proposta por Nicolás Maduro.

De tarde, o presidente venezuelano postou no Twitter uma série de vídeos em que aparece dirigindo um carro pelas ruas de Caracas.

Enquanto dirige, Maduro fala que a população está nas ruas trabalhando normalmente e que a greve marcada pela oposição, fracassou.

Apesar de passar por diversos estabelecimentos fechados, Maduro repete o tempo todo que as pessoas estão “em suas atividades normais”.

A greve geral na Venezuela teve adesão parcial, especialmente no leste da capital do país, onde estabelecimentos comerciais e escritórios ficaram fechados e as principais vias foram bloqueadas.

As agências bancárias e pequenos negócios em algumas áreas da capital e de outras cidades do país abriram as portas, junto com empresas estatais.

*Informações da repórter Natacha Mazzaro