Mais de 8 milhões de brasileiros moram sozinhos; 43% é maior de 60 anos

  • Por Jovem Pan
  • 13/07/2016 08h02
Idosos

Quando você pensa em alguém que mora sozinho, o que vem à mente? Aquele solteirão, solteirona, meio ranzinza, criando gatos dentro de uma Kitnet? Pois saiba que, pelo menos quando falamos de Brasil, essa não é a realidade. 43% das pessoas que moram sozinhas por aqui têm mais de 60 anos de idade. Dentro deste grupo, 28% são viuvos.

E quando abordamos o universo destes solitários vemos que mais da metade deles vive em casas grandes, com cinco ou mais cômodos.

Os dados são do instituto Locomotiva, que resolveu estudar o perfil destes mais de oito milhões de brasileiros, vivendo sozinhos. O primeiro levantamento do instituto revela algumas peculiaridades da nossa população no que diz respeito ao seu envelhecimento.

Sabe aquela “vovozinha”, sentada em uma cadeira de balanço, fazendo tricô e contando histórias para os netinhos? As vovós e os vovôs de hoje estão bem mais modernos.

Para começo de conversa eles não querem mais ficar morando com filhos, netos, ou, pior ainda, em casas de repouso. Eles querem liberdade e indepedência, como constata o presidente do instituto locomotiva, Renato Meirelles.

“Nós econtramos personagens que falavam para a gente que ficaram mais velhos, mas só quer ver filhos e netos no final de semnaa. Isso está vinculado ao envelhecimento da população brasileira”, explicou.

May Baerlein é parte desta população. Aos 80 anos, ela tem filhos, netos, mas, vive sozinha por opção. “Moro no RJ, sozinha, porque meus filhos estão casados, tenho netos e graças a Deus posso morar sozinha. Não tenho nenhuma vontade de morar com eles, quero independência”.

O total de brasileiros que moram só é o equivalente à população da Suíça ou da Áustria. E movimentam mais de R$ 100 bilhões por ano. A pesquisa ainda revela outro dado curioso: 7% das pessoas entrevistadas optaram por morar só, mesmo sendo casadas.

*Informações da repórter Helen Braun