Na 12ª semana de protestos, polícia de Hong Kong usa arma de fogo contra manifestantes

  • Por Jovem Pan
  • 26/08/2019 07h23
EFETrens também foram paralisados na tentativa de conter atos

O fim de semana foi marcado por confrontos violentos entre manifestantes e policiais em Hong Kong. Pela primeira vez desde o início da onda de protestos, há doze semanas, policiais usaram armas de fogo e canhões de água contra a população.

Apesar de uma parte dos manifestantes protestar de forma silenciosa e não violenta, grupos radicais ergueram barricadas e jogaram pedras e coquetéis molotov nos policiais. Os agentes da polícia tentaram conter a multidão com gás lacrimogênio, mas a ação não teve tanto efeito e os caminhões de água foram usados para dispersar as pessoas.

A operadora de trem MRT também tentou conter os movimentos e suspendeu alguns serviços durante este domingo (25).

Os protestos em Hong Kong começaram em junho e já estão na décima segunda semana consecutiva. A população da ex-colônia britânica têm tomado as ruas após a provação de uma lei que permitiria extradições para a China Continental. Atualmente a lei está suspensa, mas os manifestantes ainda buscam mais democracia e liberdade.

*Com informações da repórter Camila Yunes