Nasa lança telescópio que pode revolucionar pesquisa sobre a origem do universo; veja vídeo

Previsão dos cientistas é que seja possível observações no James Webb a partir de maio de 2022

  • Por Jovem Pan
  • 25/12/2021 07h24 - Atualizado em 25/12/2021 11h09
Reprodução/Desiree Stover/Nasa Os técnicos da NASA levantam o telescópio James Webb, usando um guindaste Sucessor do Humble, James Webb resolverá mistérios no sistema solar, diz Nasa

A Nasa lançou na manhã deste sábado, 25, o telescópio espacial James Webb, um dos mais aguardados dos últimos anos. James Webb foi lançado ao espaço na Guiana Francesa, pelo foguete Ariane 5, sem tripulantes, por volta das 9h20. A missão é uma das complexas da história da Nasa. O James Webb é um grande telescópio infravermelho com um espelho composto por 18 segmentos hexagonais e diâmetro de 6,5 metros, três vezes o do Hubble, lançado em 1990.

O telescópio é capaz de detectar comprimentos de onda infravermelho da galáxia e a luz visível de objetos a longa distância e, por isso, conseguirá observar fenômenos que o Hubble não conseguia. Segundo a Nasa, o equipamento “resolverá mistérios no sistema solar, olhará além para mundos distantes ao redor de outras estrelas e investigará as misteriosas estruturas e origens de nosso universo”. A Nasa diz que o James Webb será como uma máquina do tempo, pois irá estudar todas as fases da história do cosmos. A previsão dos cientistas é que seja possível observações no telescópio James Webb a partir de maio de 2022.

Veja vídeos:

*Com informações da repórter Nanny Cox