"Bienal do livro é evento multicultural", diz presidente da Câmara Brasileira do Livro

  • Por Jovem Pan
  • 22/08/2014 12h16
Divulgação

A grande novidade da Bienal Internacional do Livro 2014 é a parceria com o Sesc São Paulo. Mais do que uma grande feira de livros, o evento busca se tornar cada vez mais cultural, com atividades de música, dança, teatro, artes cênicas e até circo.

“Temos espaços para atender principalmente aos jovens, com discussão de quadrinhos e ilustração, por exemplo”, diz o Superintente de Comunicação do Sesc, Ivan Giannini. O Sesc trouxe para a Bienal os caminhões biblioteca para que o público possa fazer leituras de forma monitorada. “Há uma mediação entre o público e as obras”, explica Ivan.

“A Bienal se torna a partir desse ano um evento multicultural, com atividades culturais com o livro como o centro das atenções”, descreve Karina Pansa, presidente da Câmara Brasileira do Livro. Ela explica que a partir de atividades que envolvem a o prazer e a emoção, como a contação de história e contato com autores, surgem novos bom leitores. “São 1500 horas de programação”, adianta Karine.

Serviço:
23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo
Data: de 22 a 31 de agosto
Horário: Segunda a sexta-feira – 9h às 22h
Sábado e domingo – 10h às 22h
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi
Avenida Olavo Fontoura, 1209 – Santana
São Paulo