Claudia Raia conta que se inspira na filha adolescente para fazer Samantha

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2015 11h10
Reprodução / Globo

2015 é um ano movimentado para Claudia Raia. Além de fazer Samantha da novela Alto Astral, ela organiza uma séria de projetos para a comemoração dos seus 30 anos de carreira. “Comemorar 30 anos de carreira aos 48 anos é uma dádiva”, disse ela, que no mês de maio, logo quando as gravações da novela terminarem, começa os ensaios para o peça Raia 30 anos.

A peça deve entrar em cartaz em São Paulo no mês de julho de 2015 e no Rio de Janeiro no mês de outubro. Ela também planeja um livro e uma exposição com os 30 figurinos mais marcantes de sua carreira.

Claudia fala sobre sua personagem Samantha, que tem arrancado gargalhadas dos telespectadores brasileiros. “Me divirto horrores, morro de rir no set”, diz ela. Para construir a personagem, ela conta que se inspirou na própria guru, no filme Ghost e na filha adolescente Sophia. “A Samantha é praticamente uma adolescente, pego bordões da minha filha como ‘hashtag fica a dica’ e ‘como eu amo ser eu’. O ‘tô oca’ era um maquiador que falava, e eu acho melhor que ‘tô passada'”, revelou ela.

Apesar de a personagem fazer muito sucesso e de os fãs torcerem por ela, Claudia diz que Samantha tem que pagar por suas más ações. Questionada se gostaria de levar alguma característica da personagem para si, ela respondeu com um firme “nada!”. “Ela no fundo é uma pessoa esquisita, ruim, vaidosa, humilha as pessoas. Ela só é muito engraçada. É onde o humor subverte a vilania”, reflete.