Mariana Ferrão sobre saída da Globo: ‘Queria falar de saúde de um jeito que acredito’

  • Por Jovem Pan
  • 21/11/2019 12h20
Jovem PanMariana Ferrão foi a convidada do Morning Show nesta quinta-feira (21)

Mariana Ferrão deixou a TV Globo em março deste ano e, oito meses depois, ela afirma que sua vida é outra. Em entrevista ao Morning Show desta quinta-feira (21), ela contou como foi a decisão de pedir demissão da maior emissora do país.

“[Trabalhar no Bem Estar] foi incrível, sou jornalista porque gosto de gente e pra mim a informação só faz sentido se ela conecta, e o Bem Estar conecta porque saúde está na vida de todos, todo dia. (…) Mas chegou um momento que queria falar de saúde de um jeito que eu acredito, muito mais ligado à prevenção e à saúde emocional e mental, que falávamos pouco”, explicou.

A jornalista agora se dedica à Soul.me, plataforma de saúde que tem como missão engajar as pessoas num processo de reflexão e ação para que tenham hábitos mais saudáveis e uma vida com mais propósito, com mais sentido.

A saída da Globo, no entanto, não foi algo feito por impulso, mas planejado ao longo de dois anos. “As pessoas olham pra mim e dizem ‘queria muito ter a sua coragem pra fazer isso’, mas não sabem que o que eu mais senti nesse período foi medo. Medo pra caramba. Imagina estar na maior emissora do país, com tudo que a Globo me deu, e de repente falar não quero mais”, contou.

A decisão de mudar os rumos da vida profissional veio de encontro com a extinção do Bem Estar como programa e transformação em um quadro dentro do Encontro, de Fátima Bernardes. A novidade, Mariana lembra, quem lhe disse foi o então colega Fernando Rocha.

“Eu estava podando minhas árvores quando o Fernando Rocha me ligou e disse ‘Mari, o Bem Estar vai acabar’. E eu disse ‘Nossa Fe, faz todo sentido. Porque o que não tem mais como florescer tem que terminar.'”