Lilia Cabral defende José Mayer de acusações de assédio: ‘Não acredito que seja aquele homem que falaram’

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2019 12h08
Jovem PanLilia Cabral foi a entrevistada do Morning Show nesta terça-feira (22)

Pela primeira vez Lilia Cabral defendeu abertamente José Mayer das acusações de assédio que o levaram a ser afastado e, posteriormente, demitido pela TV Globo, em 2018.

Na época, uma figurinista da emissora relatou assédios cometidos contra ela pelo ator, situações que aconteceram em 2017. Em carta aberta, Mayer admitiu “brincadeiras de cunho machista” com a funcionária.

Em entrevista ao Morning Show desta terça-feira (22), Lilia Cabral relembrou a campanha de assédio que as atrizes da Globo promoveram após o caso vir à tona.

“É difícil falar disso porque prejudicou algumas pessoas de forma muito séria. (…) Eu tenho muito carinho pelo Zé Mayer, trabalhei com ele durante muitos anos, e eu fiquei chocada porque ele padeceu, teve uma doença muito séria de tristeza. Eu não acredito que ele seja aquele homem que foi da forma como falaram dele, não consigo acreditar, assim como outros amigos que também passaram por isso”, disse a atriz.

“Acho que você não pode deixar de defender uma posição e [essa é a minha], pela primeira vez estou falando. Na época, eu não tinha nem como me colocar [à favor de Mayer] porque existia uma campanha muito forte e quando nos colocávamos, não nos ouviam”, completou.

Lilia disse que para Mayer o assunto já está superado. “Agora está tudo bem, o Zé tá bem, está dando um tempo na vida dele e já está feliz de novo, está se recuperando e eu fico muito feliz por isso, assim como por outras pessoas que passaram por algumas injustiças. Também fico feliz pelas pessoas as quais não foram injustiças as colocações, pois mereceram.”

Lilia Cabral não é a primeira artista da Globo a defender publicamente José Mayer. Em outras ocasiões, Reynaldo Gianecchini e o autor Aguinaldo Silva também classificaram como injustiças as acusações contra o ator, hoje com 70 anos.