Organizador prevê crescimento de mulheres no público de Brasil Game Show

  • Por Jovem Pan
  • 23/09/2015 11h55
Reprodução/YouTube

Organizador da feira Brasil Game Show, Marcelo Tavares acredita que a participação de mulheres no evento pode se equiparar com os homens em pouquíssimo tempo.

“Acontece um pouquinho do preconceito, machismo, mas acho que já mudou bastante. No início, 10% do público é feminino, hoje chega a quase 40%”, falou no Morning Show desta quarta-feira (23).

“Mais dois ou três anos, vai se equiparam com o público masculino, como a gente vê na Europa, Estados Unidos e Ásia. Vejo esse preconceito diminuindo”, alegou à equipe de Edgard Piccoli e Paula carvalho.

O gamer comemorou o crescimento do evento, realizado em São Paulo pela oitava vez consecutiva, e o interesse em empresas em participarem, principalmente produtoras de jogos, de grande porte e independentes. “Ano passado tínhamos sete empresas participando do Brasil Game Show, agora são 36 stands”, informou.

Amante dos jogos, Tavares contabiliza um grande número de gagdets no acervo pessoal. “Hoje tenho 350 consoles, um pouquinho mais na verdade, e de jogos mais de 3,5 mil”, citou. Fã dos famosos games “Super Mário” e “Need For Speed”, o organizador revelou que seu favorito é “Fifa”.

“Os jogos no Brasil começam a ter qualidade, começam a vender e não são vendidos apenas aqui para celular e computador, vai para os consoles”, completou sobre o mercado nacional.

A edição 2015 do Brasil Game Show será realizada entre 8 e 12 de outubro no Expo Center Norte, em São Paulo.