"Prefiro falar com os mortos do que com os vivos", brinca caça-fantasmas

  • Por Jovem Pan
  • 24/04/2015 10h53
Jovem Pan

Os paranormais  Rosa Maria Jaques e João Tocchetto de Oliveira, responsáveis pelo canal “Caça Fantasmas Visão Paranormal”, participaram do Morning Show desta sexta-feira (24), e deram mais detalhes sobre a atração no Youtube. Jornalista, Rosa Maria garantiu não ter medo da atividade e brincou com a situação. “Prefiro falar com os mortos do que com os vivos”, disse.

Viver com fantasmas e espíritos que não conseguiram evoluir faz parte do cotidiano do casal. “A Rosa está em casa lavando louça e vem um espírito para falar com ela, nosso dia a dia é isso”, disse o publicitário João Tocchetto.

Os dois dizem que não cobram nada pelos aconselhamentos para famílias.  “Nós não ganhamos nada, mas nós mostramos que as pessoas que tem a sua sensibilidade e prestar atenção da forma em que vive. Temos uma empresa de consultoria que nos remunera. Quando viajamos para muito longe pedimos gasolina e lugar para ficar”, disse João.

A medium, fã de Chico Xavier, já quebrou um dos pulsos durante as atividades, após um “mal entendido” com um espírito. “Era um barão do café e ele mandou um capataz”, contou João. 

“Cada pessoa tem sua paranormalidade que pode ser chamada de vidência, telepatia, sonhos, intuição”, finalizou Rosa Maria.

Para produção do programa, Rosa é creditada como “jornalista responsável e investigadora paranormal” e João como “diretor geral e investigador chefe”. Há mais dois profissionais, Gui Oliveira, o “compositor músicas e trilhas”, e Natalia Ourique, que trabalha como “investigadora paranormal júnior”.