Rael diz que fez filha de Vinicius de Moraes chorar com show de homenagem ao "poetinha"

  • Por Jovem Pan
  • 17/07/2018 11h39
Johnny Drum/Jovem PanMúsico falou sobre seus projetos atuais

Seja por suas parcerias com Emicida, seja por seu trabalho solo, Rael se tornou um dos nomes mais populares do rap brasileiro nos últimos anos. Isso todo mundo sabe. O que poucos imaginam é que o cantor e compositor vai muito além. A prova está no recém-lançado show em que apresenta clássicos da carreira de ninguém menos que Vinicius de Moraes. Estão no repertório, por exemplo, Canto de Ossanha, O Morro Não Tem Vez e Berimbau. Em entrevista ao Morning Show nesta terça-feira (17), ele contou como tudo aconteceu.

“Foi por acaso! Em 2006 eu e o Criolo fomos convidados para um programa (o Som Brasil) em homenagem ao Vinicius. Achamos que cantaríamos como a música é, mas chegamos lá e nos perguntaram: o que vocês têm para a gente? Falaram que queriam algo diferente, que já tinham Ed Motta e Gal Costa para cantar ‘como já é’. Aí fizemos versões. Foi meu primeiro contato com essa atmosfera. Recentemente fui convidado para outro programa (o Versões) e fiz outras. De repente me vi com um show inteiro de Vinicius”, disse.

E não é que mesmo despretenciosamente deu certo? As primeiras apresentações lotaram e agradaram os jovens que já são fãs do músico e também os mais experientes que vivenciaram a época do ápice do trabalho do “poetinha”. Incluindo, olha só que moral, a sua família.

“É muita responsabilidade. Podia ficar legal ou podia decepcionar. Não sei se foi sorte ou se fiz direito, mas estreei no Rio de Janeiro e as e pessoas gostaram. Tanto as que curtem Rael quanto o público mais velho que foi por curiosidade. A própria filha do Vinicius foi e gostou, chorou, disse que quer que a gente grave. Tem sido uma experiência bacana”, afirmou.

O show Rael Canta Vinicius será apresentado no próximo sábado (21) na Casa Natura Musical em São Paulo. Informações e ingressos podem ser encontrados nesse link.