Rodrigo Viga: “A Paralimpíada foi muito positiva”

  • Por Jovem Pan
  • 19/09/2016 12h11
Flávio Soares/Câmara dos Deputados

Os Jogos Paralímpicos Rio 2016 se encerraram no último domingo (18) e o repórter Rodrigo Viga fez um balanço sobre o legado que vai ficar para a população carioca, principalmente para quem possui algum tipo de deficiência. Para ele, a competição foi bem positiva para a cidade e que o grande legado será a forma de enxergara vida como ela é.

“Foi muito positivo. O grande legado foi a gente enxergar a vida como ela é e não ficar olhando para o lado e chamando-os de coitadinhos. Deram uma maquiada aqui no Rio de Janeiro para ajudar quem tem dificuldade de locomoção, mas no resto do estado precisa melhor muito”, explicou.

“Fiquei impressionado com algumas modalidades como o vôlei sentado, futebol de sete. Vi muitas cenas de emocionar na natação e espero que o Brasil possa ter uma política nacional e municipal voltada para essas pessoas e que tenham uma vida mais confortável”, concluiu.