"Saia justa": Jarbas Homem de Mello diz que tem gente que passa vergonha dançando no Faustão

  • Por Jovem Pan
  • 31/05/2018 12h22
Reprodução/Tv Globo
O ator Jarbas Homem de Mello foi colocado em uma “saia justa” nesta quinta-feira (31), em entrevista na Rádio Jovem Pan. Como ele participa de musicais no Brasil há décadas, foi questionado sobre o que ele acha do quadro “Dança dos Famosos”, do programa “Domingão do Faustão”.

Ele hesitou, mas disse o que pensa sobre o assunto: “tenho colegas ali fazendo. Alguns me orgulham. Mas tem gente que vê uma vergonha e já quer passar. Os jurados são bonzinhos. Mas é legal porque o público entende a dificuldade”, analisou Jarbas.

Atualmente Jarbas está em cartaz com um musical. É o espetáculo “Chaplin, o Musical”, apresentado no Theatro NET, em São Paulo, até 29 de julho. Jarbas mostrou empolgação com a obra: “está lindo o espetáculo. A gente estreou em 2015, mas paramos por causa da crise. Agora a gente conseguiu retomar. É lindo e o público sai tocado. A gente conta como o Chaplin descobriu o Carlitos. A gente conta desde a infância até quando ele voltou para os Estados Unidos para receber um Oscar honorário. Ele foi expulso, foi perseguido politicamente e teve uma vida de altos e baixos”.

Jarbas também comparou os musicais do Brasil com os espetáculos da Broadway, em Nova York: “a gente não fica devendo nada para a Broadway. A gente tem qualidade em tudo. E nosso público é muito musical, só ver que todas manifestações folcóricas, como Carnaval, são musicais”.

Jarbas também está em cartaz no cinema, a partir desta quinta-feira (31), no filme “Não se Aceitam Devoluções”, estrelado por Leandro Hassum e dirigido por André Moraes.