Série “O Mecanismo” já incomoda alta cúpula do PT

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2018 10h41
Divulgação

A série “O Mecanismo” estreou na Netflix na última sexta-feira e já começou a incomodar o Partido dos Trabalhadores (PT). Em trecho do quinto episódio, a frase de Romero Jucá (MDB) sobre “estancar a sangria” acabou parando no personagem que representa o ex-presidente Lula, o que causou a revolta de Dilma Rousseff.

A bancada do Morning Show debateu sobre o assunto nesta segunda-feira (26), ressaltando que a série é uma obra de ficção. Vinicius Moura, por exemplo, acredita que colocar a frase como se tivesse sido falada por Lula poderia ter sido evitada.

Já Caio Rocha apontou que a série possui alguns problemas de andamento, que são muito mais importantes do que apenas uma frase. “A série não possui um personagem herói. Ela não se aprofunda o bastante nos personagens centrais e as atuações são rasas, com acontecimentos que não possuem explicações”, explica.

Veja a crítica da ex-presidente ao cineasta, na íntegra: