‘Criança que investe desde cedo pode chegar aos 20 anos milionária’, afirma Pablo Spyer

Apresentador do ‘Minuto Touro de Ouro’ foi entrevistado no programa ‘Mulheres Positivas’ desta segunda

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2021 11h28 - Atualizado em 09/08/2021 11h30
Mulheres Positivas/Reprodução de vídeoPablo Spyer foi entrevistado no programa 'Mulheres Positivas'

O programa “Mulheres Positivas“, da Jovem Pan, traz como convidado das apresentadoras Fabi Saad e Bia Napolitano nesta semana Pablo Spyer, o economista do “Minuto Touro de Ouro”. O pai dele foi diretor de jornalismo e ele cresceu nos bastidores da emissora SBT, sendo apaixonado pela televisão e pela bolsa de valores desde criança. “Eu me lembro de ser um garoto e os meus colegas do colégio pedirem para ir no Playcenter e eu pedir para minha mãe me levar na Bolsa. Eu ficava fascinado com aqueles caras no telefone operando e a bolsa subindo e as pessoas comemorando, porque quando você perde, você se esconde. Você só aparece quando você ganha”, recordou. Com 15 anos, ele ganhou um curso sobre o assunto da própria mãe e iniciou a carreira na economia, também começando a poupar parte da própria renda e comprar pequenas frações de ações.

Com o passar do tempo, o papel que o conteúdo dele exercia sobre crianças em outras plataformas foi o empurrão final para que ele criasse o “Minuto Touro de Ouro”. “É muito importante, para as mulheres que estão ouvindo dar educação financeira para os filhos desde pequenos”, aconselhou. Para ele, ações são o melhor investimento do mundo no momento. “Investir é quando você compra um pouquinho todo mês. Não é para você comprar para vender, para subir, para vender, você não pode botar um dinheirão que você vai precisar, não, você tem que botar pouquinho, R$ 100, R$ 200, R$ 500, cada um sabe o tamanho do bolso, tem que ser um dinheiro para você comprar e deixar lá, você virou sócio da empresa. Você não monta uma padaria pensando em vendê-la quatro dias depois, você monta ela para crescer”, afirmou. Ele lembrou que é importante ter algum conhecimento sobre o assunto e estudar sempre, investindo um pouco a cada mês.

Hoje, o curso ofertado por Pablo sobre investimentos é formado por 20% de mulheres. Na Bolsa, elas marcam presença e ultrapassam o número de um milhão. Outra fração que ainda não é gigante, mas traça o seu caminho no mercado de investimento é o de menores de idade. “Com pouco você pode fazer muito dinheiro no passar dos anos, sete, oito, nove. Sei que demora, parece infinito, ainda mais para quem é jovem. Se o filho começa a investir com 10, 12 anos, começa a aprender, comprar açõezinhas, você vai dando a mesada e ele vai comprando açõezinhas, ele pode chegar aos 20 anos milionário”, estimou.

Spyer também esclareceu dúvidas sobre aqueles que ainda se questionam se é melhor alugar ou comprar um apartamento, mesmo que as parcelas precisem ser pagas por décadas. “É sempre melhor financiar, sei que o juros é alto, o juros é caro, dói pagar juros, eu odeio pagar juros, mas o pior é pagar o aluguel. Você pode entrar em um espiral ruim no aluguel e não conseguir sair nunca, e nunca vai ser seu, você vai estar sempre gastando. Se você consegue encaixar o preço da parcela mais ou menos no aluguel, vai”, afirmou, lembrando que a Caixa Econômica Federal baixou o preço de entrada para financiamentos recentemente. Para ele, uma mulher admirável é a apresentadora Kallyna Sabino e um conselho para mulheres positivas é ensinar aos filhos a importância da educação financeira.