Diretora da L’Oréal relembra sua reação ao ser contratada e promovida durante gravidez: ‘Um exemplo para todos’

Em entrevista ao Mulheres Positivas, Roberta Sant’Anna, que também é dermatologista, ressaltou a importância da telemedicina: ‘Ajuda nos primeiros diagnósticos’

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2022 14h39
Reprodução/Jovem Pan Roberta Sant'Anna no estúdio do Mulheres Positivas Roberta Sant'anna foi a convidada do programa Mulheres Positivas desta semana

O programa Mulheres Positivas desta semana recebeu a diretora geral da divisão cosmética ativa da L’Oréal, Roberta Sant’Anna. Em entrevista à Fabi Saad, ela contou como foi sua reação ao ser contratada pela empresa durante a gravidez. “”Acho que, primeiro de tudo, nós, mulheres, temos que deixar claro que é uma questão natural da nossa vida, faz parte. Falo muito que as mulheres que eu conheço e conseguem conciliar a vida profissional e pessoal, é impressionante o nível de maturidade e crescimento que elas têm. Acho que é importante se identificar e estar numa empresa que valoriza isso. Quando a L’Oréal me contratou, já foi um sinal importante para mim e para as pessoas ali dentro. Conseguir trabalhar com pessoas que entendem e valorizam esse processo é fundamental”, disse, Sant’Anna que também foi promovida durante a gestação de um de seus filhos. “Mais um exemplo para o meu time e todo mundo por perto, um passo na vida da mulher. Isso faz parte da vida, vejo como a gente amadurece e consegue nos desenvolver ainda mais quando temos a maternidade na nossa vida.”

Entre altos e baixos, Roberta contou como superou a fase em que era “workaholic”, palavra que define aqueles que têm vício em trabalhar exaustivamente. “Houve um momento muito workaholic da minha vida em que não conseguia equilibrar as coisas. Chegava na empresa às 8h e ia embora às 21h, [mais de] 12 horas de trabalho. Não conseguia conciliar um exercício físico, não conseguia trazer uma leveza no dia a dia. Não é só a intensidade e os horários, mas o dia a dia de muita preocupação, não ter um discurso para o time da importância de equilibrar esses pratos. É importante entregar resultados, estabelecer objetivos, mas o mais legal é como você inspira quem está perto de você”, destacou. Uma de suas motivações para lidar com o seu vício foi a preocupação em manter um equilíbrio em sua vida. “Aquilo me deu uma sacudida. Se eu não colocar equilíbrio na minha vida, a empresa não vai fazer isso para mim. Comecei a pegar rédea da minha vida e da minha carreira. Por isso, falo de você ser o presidente de sua própria carreira. No final das contas, aprendi que nos momentos em que estava melhor pessoalmente era quando melhor dava resultados profissionalmente.”

Também dermatologista, Roberta falou sobre a importância da telemedicina para diagnósticos de doenças de pele. “Pensando em democratizar a dermatologia no Brasil, a telemedicina nos ajuda nos primeiros diagnósticos. Esse ano nosso objetivo é quadruplicar e chegar em pelo menos 20 mil pessoas tendo acesso a esse diagnóstico, um número quatro vezes maior do que a gente fez nos últimos 20 anos. Uma missão muito grande”, disse. Ela trouxe o exemplo de Araras, no interior de Goiás, onde parte da população sofre de xeroderma pigmentoso, doença rara de alta vulnerabilidade a raios solares. “A gente faz cirurgias nessa comunidade para cuidar da pele deles, trazer a conscientização e mudar a qualidade de vida. Durante a pandemia, a gente aprendeu o poder da telemedicina. Como ela pode começar a filtrar e gerar esse acesso. Ajuda a gente a estar em regiões onde não consegue ter uma visita contínua à saúde”, concluiu.

Como livro, Roberta Sant’Anna indiciou a leitura da biografia de Michelle Obama, “Minha História”: “Ela tem uma história de reinvenção, de como superou diversos pré-julgamentos. É um livro super interessante”. Como filme, relembrou “Comer, Rezar e Amar”: “Traz uma leveza de vida, é isso que a gente precisa cada vez mais”. Como mulher positiva, a dermatologista afirmou admirar Daniela Cachich e Malu Lopes, mulheres de seu dia a dia.

Confira na íntegra a entrevista com Roberta Sant’Anna: