Lene Sensitiva desabafa sobre previsões: ‘Você sabe até das pessoas próximas que vão te deixar’

Em entrevista ao Mulheres Positivas, médium contou sobre a primeira vez em que fez uma previsão na vida

  • Por Jovem Pan
  • 23/10/2023 15h35 - Atualizado em 23/10/2023 15h58
Reprodução/Jovem Pan News Lene Sensitiva Lene Sensitiva foi a convidada do programa Mulheres Positivas

Nesta semana, o programa Mulheres Positivas recebeu Lene Sensitiva. Em entrevista à Fabi Saad, a médium que ficou conhecida por fazer previsões sobre grandes acontecimentos da sociedade e em relação à vida pessoal dos famosos contou sobre como foi o primeiro sinal de que ela era uma sensitiva. “Minha primeira visão foi meu avô, lembro que dormi e sonhei com meu avô. Eu acordei de manhã, corri e minha mãe estava lavando louça. Disse: ‘seu pai morreu’. Saí de perto, passou um tempo e o irmão dela falou que ele tinha morrido”, relembrou. “Eu tinha um medo absurdo do meu dom. Meu medo era do preconceito, sofri muito. Fiz previsão aos 11 anos com uma professora. Ela começou a me chamar de bruxa na escola ao invés de agradecer. Todos os alunos começaram a me chamar de bruxa. Entrou na minha cabeça, o medo era maior. São pessoas que mandam para a gente ‘bruxa’ e ‘macumbeira’. As pessoas não têm respeito”, disse.

Apesar da fama e dos mais de 5 milhões de seguidores nas redes sociais, Lene preza por uma agenda tranquila, com no máximo dez atendimentos por dia. Ela conta que, no passado, chegou a ter um aneurisma por conta da dedicação aos clientes. “Trabalho bastante, também resgato animais. Não pensei só em mim na minha carreira, pensei também no próximo. Lutei bastante e os desafios não param. Em 2020 eu passei por um aneurisma, estava fazendo uma live para milhares de pessoas. Senti uma dor de cabeça muito intensa, fiquei muito vermelha. A dor de cabeça não parava”, contou. “Perdi a memória, não sabia quem era eu. Meu aneurisma rompeu, tenho uma cirurgia, três placas de titânio e parafusos. O médico falou que é raro ter sem sequelas. Muito estresse e a questão do atendimento, do volume de trabalha. Para a pessoa é só um atendimento, para mim, não. Estou analisando a energia de todo mundo”, acrescentou.

Ela deu detalhes sobre o futuro do país e de famosos, além de contar que suas previsões acabam afetando o seu próprio meio de amigos e familiares. “Ou a Preta Gil deixa esse passado com esse ex dela de lado ou ela vai curar fisicamente, mas o campo energético vai continuar doente. A tendência de cura é grande pela medicina humana, mas se não curar a espiritual, pode voltar em força máxima”, disse. “Eu não trabalho com cartas, o meu vem em flash, em sonhos. As coisas vêm natural, se é bom, é e não, ao mesmo tempo. Você sabe até das pessoas próximas que vão te deixar. A partida é inevitável. Estou preparada para receber uma ligação dizendo que meu pai nos deixou. Não tem o que fazer: 2023 eu ainda vejo uma perda muito grande para o Brasil, vamos ter um luto bem forte. O campo de natureza já está acontecendo, chuva e ciclone, fui falando em 2022”, concluiu.

 

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.