‘Meu grande desafio é explicar o que é a depilação a laser’, diz diretora de marketing da Espaçolaser

Em entrevista ao programa ‘Mulheres Positivas’, Andreza Santana contou sobre o começo de carreira, o mercado de beleza no Brasil e como foi crescer com pais surdos

  • Por Jovem Pan
  • 14/03/2022 15h03 - Atualizado em 15/03/2022 17h51
Reprodução/Jovem Pan MUlheres Positivas Andreza Santana passou pro Vivo, Submarino e Natura antes de chegar à Espaçolaser

O programa Mulheres Positivas recebeu nesta segunda-feira Andreza Santana, diretora de marketing da Espaçolaser, líder no segmento de depilação a laser. Com mais de 20 anos de carreira — ela afirma que é uma das pioneiras do e-commerce no Brasil —, a executiva amealhou passagens por Submarino, Natura (a sua principal escola após sete anos de serviços prestados) e Vivo antes de chegar à empresa em que trabalha atualmente. Filha de pais surdos e mudos, Andreza contou com apoio de seu padrinho, irmão do seu pai, para deslanchar na carreira. “Fiz intercâmbio e, quando voltei, já falava um superinglês. E sempre na minha cabeça pensava: O dia em que for bem sucedida vou poder retornar todas experiências para os meus pais.”

Tanto o pai como a mãe de Andreza desenvolveram a surdez antes de completarem um ano — ambos tiveram doenças graves quando bebês. “Meu irmão é engenheiro, então tem um perfil mais conservador. E eu nasci para ser a tagarela da família, já ia marcando médico para a minha mãe com três anos. É uma comunidade ativa, unida. Eles dirigem, trabalham, têm filhos (olha eu aqui). E agora o celular traz umas oportunidades para os surdos que antes você não imaginava. Como o surdo vai pedir transporte? Como vai pedir uma pizza? Antes era eu, com três anos pegava o telefone e ligava. Agora temos a tecnologia a favor de quem tem limitações”, explicou.

Andreza diz que teve “um suporte legal da sua família estendida”. O pai, tipógrafo, e a mãe, digitadora, não tinham muitos recursos para financiar a educação da filha, mas seu padrinho patrocinou uma valiosa viagem aos Estados Unidos. Além do inglês, ela aprendeu francês quando trabalhou em Paris, a serviço da Natura. Sua vasta experiência a levou à Espaçolaser, uma empresa que atende 2 milhões de pessoas e tem 750 lojas em todo o Brasil, sendo “cinco ou seis delas na Avenida Paulista”. “A Espaçolaser é o melhor lugar onde eu poderia estar neste instante. A gente acabou de abrir IPO, e é um desafio enorme gerir uma empresa com todas regras e processos que o mercado precisa ver. A minha vinda para o marketing — e logo depois assumi também a área de relacionamentos — é muito em linha a uma gestão de indicadores”, disse. “Uma coisa que eu brinco: o grande desafio que eu tenho na Espaçolaser é ter a oportunidade de fazer o que a gente está fazendo aqui, explicar o que é o tratamento a laser. O nosso principal concorrente é a ignorância. As pessoas não conhecem, porque, se conhecessem, iam falar assim: ‘Por que eu não fiz isso antes?”

Andreza também explicou por que a Espaçolaser não oferece atendimento em casa. “Primeiro porque [o serviço] é aplicado por fisioterapeutas. Depois porque não seria um serviço de escala, no preço que custa. A gente atende mais de 2 milhões de clientes no Brasil. Isso não é democratização da depilação. Um tratamento em casa, personalizado, neste nível, eu não vejo uma escala. É muito complicado. Por outro lado, a gente tem que gerar acessibilidade sendo fácil de estacionar, tendo em todo lugar  — são 750 lojas no Brasil, oferecendo agendamento pelo aplicativo.”

Confira na íntegra a entrevista com Andreza Santana: