‘Quando você começa a empreender, você vicia’, diz Manuela Carvalho, CEO do Match & CO

Apresentadora contou detalhes do novo programa ‘Deu Match’, da Jovem Pan, e falou sobre sua carreira e planos para o futuro

  • Por Jovem Pan
  • 18/10/2021 13h40
Mulheres Positivas/YoutubeManu Carvalho foi a convidada do programa "Mulheres Positivas"

O programa “Mulheres Positivas“, da Jovem Pan, traz como convidada da apresentadora Fabi Saad nesta segunda-feira 18, a apresentadora e empreendedora Manu Carvalho, que comanda o programa “Deu Match”, da Panflix. O programa conta com uma série de blocos, dicas e com a presença do colunista Lucas Amadeu. “Qual foi a ideia? Unir o mundo de influenciadores, o mundo de inovação, marketing, e ao mesmo tempo, de empreendedores”, explicou. Um os convidados, o fundador da Polishop, João Apolinário, foi provocado a vender panos de prato em uma “retirada da caixinha” de empreendedores na atração. “A gente tira uma pessoa do contexto, sempre desafia as pessoas a criarem e entrarem em um mundo completamente novo e diferente”, contou. A empreendedora começou a carreira como influenciadora e criou um networking a partir daquilo. “Quando eu sentava com o cliente e entendia este ‘gap’ [brecha], que às vezes ele não escolhia a pessoa certa [para representar uma marca], não criava a estratégia correta, não sabia o que ele ia ver na campanha, eu falei: poxa se tem ‘gap’, tem oportunidade”, afirmou.

Hoje, a agência criada por ela pouco antes do começo da pandemia, a Match & CO, ajuda na conexão de marcas com influenciadores. Ao se deparar com uma empresa recém-nascida no começo de um longo período de isolamento social, a apresentadora foi tomada de incertezas. “É o medo de você não pagar conta, o medo de você ter que demitir alguém, o medo de você magoar alguém, foi uma pressão muito grande, mas foi algo que me fez crescer muito”, analisou. Ela deixou de receber salário para poder não demitir ninguém e contratar outras pessoas, reinventando o próprio modelo de negócio e acumulando conhecimento. “Uma das coisas que eu aprendi, que eu acho algo muito importante para a vida das pessoas e das mulheres, é nunca depender de apenas uma fonte de renda. Inclusive no próprio trabalho”, lembrou, explicando que a própria Match tem uma série de modelos de negócios com fontes de renda.

Empregando 14 funcionários, ela vê o crescimento pessoal e profissional dela como algo surpreendente e usa o lema “dominação mundial” para deixar claro que não quer ser medíocre no mercado. “É muito incrível, porque eu nunca achei que fosse capaz de qualquer coisa. Eu nunca acreditei muito no meu poder”, recordou. Ela lembra que teve um desempenho ruim na escola e precisava sempre de aulas particulares, se formando com a crença de que não tinha aptidão para nada e demorou para perceber que não devemos nos medir pelas réguas dos outros, principalmente no mundo de redes sociais, no qual todos vendem uma imagem de “perfeitos”. “Quando você entende que a comparação não é com os outros, e sim com você, é uma mudança de vida, porque você sempre vai tentar se melhorar, ser melhor naquilo, representar melhor aquilo que você faz”, afirmou.

Agora, com dois CNPJs abertos, ela fomenta relações profissionais, pensa em abrir mais alguns cadastros e criar uma hold para as empresas. “Quando você começa a empreender, você vicia”, analisou. A vontade de Manu Carvalho é expandir o projeto do programa para conseguir ensinar empreendedorismo a mulheres da periferia e fazer a diferença no mundo. “Todos nós podemos ser empreendedores, todos nós podemos ganhar mais. E se você for bem instruído, o mundo acaba sendo muito melhor”, analisou. Como uma mulher admirável, Manu Carvalho citou a ex-primeira dama dos Estados Unidos, Michelle Obama; um livro indicado por ela para mulheres positivas foi “O Segredo” e um filme foi “Whiplash: Em Busca da Perfeição”. O programa “Deu Match” vai ao ar todas as terças-feiras às 21h na Panflix e no YouTube da Jovem Pan.

Confira o programa “Mulheres Positivas” desta segunda-feira, 18, na íntegra: