Valéria Bolsonaro diz que Tebet precisa mostrar que merece voto: ‘Seja de homem ou de mulher’

Em entrevista ao Pânico, deputada estadual anunciou que vai buscar a reeleição e afirmou que PSDB ‘é o PT de banho tomado’

  • Por Pânico
  • 06/06/2022 16h43
Reprodução/Pânico Valeria Bolsonaro no Pânico Valéria Bolsonaro foi a convidada do programa Pânico desta segunda-feira, 6

Nesta segunda-feira, 6, o programa Pânico recebeu a deputada estadual Valéria Bolsonaro (PL-SP), que opinou sobre as eleições de 2022, em especial a candidatura de Simone Tebet (MDB-MS) à Presidência e sua estratégia de angariar o voto feminino. “Vai cuidar da vida, vai mostrar que você merece voto. Seja de homem ou de mulher”, disse. A parlamentar, porém, não negou que exista machismo na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). “É um ambiente muito machista, sim. Cara chega para você e quer ganhar no grito. Já tive problemas lá com dois deputados que vieram gritar comigo. Eu falei: ‘Meu filho, abaixa a sua bola'”, contou. Um de seus desafetos é o deputado José Américo que, segundo ela, ofendeu a médica Nise Yamaguchi.

Valéria Bolsonaro também confirmou que tentará se reeleger deputada estadual e disse que procura trazer mudanças para a pauta da educação. “PSDB é o PT de banho tomado e perfume, não tem como negar. A gente assistiu a isso lá [na Alesp], foi o primeiro susto que tomamos quando chegamos. Não tem como negar isso, não é à toa que estão juntinho ali. É só cenário, é só teatro”, afirmou. “Eu dei aula a vida inteira em escola pública. A inclusão é pegar uma criança que tem qualquer tipo de deficiência, seja lá qual a acomete, e colocar dentro da escola pública. Eu já tive dentro da minha sala de aula, por exemplo, de educação infantil, três crianças com três deficiências diferentes. E eu não tenho nenhuma especialização em educação especial”, concluiu.

Confira na íntegra a entrevista com Valéria Bolsonaro: