Quadrilha que aplicava golpe em proprietários de carros de luxo é presa

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2016 10h01
Carro de Luxo no Deic

A polícia prendeu uma quadrilha que atuava em golpes na venda de carros de luxo em São Paulo. Com lojas na Av. Indianópolis e em Alphaville, Mikail Reimberg Rocha, de 24 anos, foi preso com outros sete homens, acusado de chefiar uma organização criminosa que praticava em larga escala estelionatos e apropriação indébita.

A polícia contabiliza mais de 100 boletins de ocorrência referentes ação dos mesmos golpistas. Nas vendas consignadas os proprietários chegaram a ficar sem o dinheiro do seu carro, com valores menores e cheques sem fundos.

O delegado Fabiano Fonseca Barbeiro ressalta que o argumento utilizado pelos criminosos era o de um mero desacerto nos valores combinados: “Na verdade o que eles têm aí não é simplesmente um negócio que foi mal feito, ou que eventualmente tenha acontecido um crime de forma fronteiriça. A gente verificou que havia a intenção clara de que esses crimes fossem cometidos reiteradas vezes, não importando quem fosse ser lesado”.

A polícia apreendeu 80 carros e pede aos proprietários que compareçam ao Deic, na Zona Norte. A loja na Av. Indionópolis, 1.403, já teve outros nomes, como Euromotors e agora era Pime. Em Alphaville, em Barueri, se chamava Platinum. Uma das vítimas da quadrilha seria o apresentador Raul Gil, que deixou um Maserati na loja e recebeu um cheque de R$ 150 mil, sem fundos.

Confira a reportagem de Marcelo Mattos: