A 13 dias do primeiro turno, debate, pesquisas, ida e não ida a NY marcam agenda política semanal

  • Por Jovem Pan - Brasília
  • 22/09/2014 11h11

O que vai ser relevante no poder e na política nessa semana em Brasília?

Faltam 13 dias para o primeiro turno das eleições.

A presidente Dilma vai nesta segunda à noite para Nova Iorque, onde fará o discurso de abertura da Assembleia Geral da ONU na quarta-feira e, obviamente, aproveitará o momento para captar cenas para seu programa eleitoral.

Na quinta, Dilma e Lula participam de comício em Brasília junto ao governador do DF e candidato à eleição, Agnelo Queiroz.

Na sexta, Dilma concede novamente a tradicional entrevista a blogueiros a favor do Governo no Palácio do Planalto.

Marina Silva iria a Nova Iorque participar como convidada de evento sobre clima e o meio ambiente, mas decidiu ficar no Brasil, porque a campanha está muito puxada para ela. Na quinta, a candidata do PSB visita no Rio de Janeiro a Central Única de Favelas.

Aécio Neves fará campanhas no Sul e Sudeste. Betim, Contagem, Belo Horizonte e Uberaba (Minas Gerais), Rio de Janeiro (RJ), Santa Maria e Caxias do Sul (Rio Grande do Sul) estão na programação. A votação do candidato tucano nessas regiões não é tão boa quanto se esperava.

À noite de domingo, os candidatos se enfrentarão no penúltimo debate do primeiro turno, na Tv Record.

Pesquisas previstas para a semana são um levantamwento do Vox Populi a ser divulgado ainda nesta segunda pela TV Record. Na terça, é possível que a TV Globo divulgue levantamento Ibope.

No Congresso, mesmo com o ritmo lento, integrantes da CPI mista da Petrobras se reunirão com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowki, para insistir em ter acesso à íntegra da delação de Paulo Roberto Costa. A chance de isso acontecer é quase zero.