Acompanhe a cobertura da 49ª edição do Sermão da Paixão na Jovem Pan

  • Por Jovem Pan
  • 25/03/2016 11h44
Padre Marcelo Rossi - Sermão da Paixão

Nesta Sexta-feira Santa (25) a Jovem Pan celebra a 49ª edição do Sermão da Paixão, debatendo com representantes importantes do cristianismo no Brasil o papel da religiosidade na nossa sociedade. Ao todo, são 30 horas ininterruptas de programação especial.

 O primeiro tema debatido no Sermão da Paixão foi “A Graça do Perdão”.

 Participaram das reflexões os padres Augusto César Pereira, Luiz Eduardo Baronto e o Arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Eduardo Castriani.

 O debate continuou com Gianfranco, Ivan, Vasco, Lea, Suely e Augusto abordando os “20 anos do Arsenal da Esperança”.

 Ainda durante o segundo sermão, Dom Luciano Mendes falou sobre misericórdia.

 Às 4h, o Pe. Eugênio Maria La Barbera assumiu a palavra e falou sobre como conciliar a vida do mundo com a oração.

 O bispo da diocese de Osasco, Dom Frei João Bosco deu continuidade ao Sermão da Paixão junto com o padre Luis Rogério Gemi, da Pastoral Familiar de Osasco, às 10h07. O tema debatido foi “Família: a catequese de crianças e adultos”.

O padre Cônego Manzatto, da Arquidiocese de São Paulo, assumiu os microfones da Jovem Pan às 11h, trazendo mensagens sobre o significado da fé. O padre comentou também como podemos viver os ritos da Semana Santa.

Às 12h05, o padre Marcelo Rossi e o bispo Dom Fernando Antonio Figueiredo refletiram sobre a fé e fizeram uma oração especial para os ouvintes da Jovem Pan no Sermão da Paixão. 

Pe. Augusto Cesar Pereira e Pe. Donizetti Xavier abordaram a “Laudato si”, encíclica do Papa Francisco que faz criticas ao consumismo e desenvolvimento irresponsável e pede unificação global das ações para combater a degradação ambiental e as alterações climáticas.

No sermão que foi ao ar às 14h, Dom Claudio Hummes, cardeal arcebispo emérito de São Paulo, chamou a atenção para o desmatamento na Amazônia e comentou o trabalho da igreja católica junto aos povos indígenas.

 As Irmãs Helena Corazza e Maria Luiza Ricciardi, ambas da Congregação das Irmãs Paulinas, apresentaram o tema “Comunicação e misericórdia: um encontro profundo”.

A começar pelas 18h, Padre João Mildner e Fábio Parpinelli , capelão do Emílio Ribas e teólogo Diácono Permanente, falaram sobre o tema “Misericórdia e os doentes sem esperança”.

Em seguida, Dom Odilo Pedro Scherer, Cardeal Arcebispo de São Paulo, deu o sermão sobre o “Sinodo sobre as Famílias”, além de outros assuntos pertinentes.