Alonso admite decepção com eliminação precoce no treino do GP da Itália

  • Por Agencia EFE
  • 05/09/2015 16h07

Redação Central, 5 set (EFE).- O espanhol Fernando Alonso não escondeu a decepção com o resultado deste sábado no treino de classificação para o Grande Prêmio da Itália, em que acabou ficando fora já na parte inicial, atrás do companheiro, o britânico Jenson Button.

“Ser eliminado no Q1 é um pouco frustrante, mas estamos em um período de aprendizagem para o time todo, temos que passar por isso juntos. Precisamos atravessar cada fim de semana e aprender”, disse o piloto espanhol.

O duas vezes campeão mundial entrou na atividade de hoje sabendo que perderia dez posições, mas não será o último colocado, pois largará em 18º, a frente do holandês Max Verstappen, da Toro Rosso, e do australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, que também foram punidos.

“Sabemos que não estamos na melhor posição, já que não somos competitivos, portanto temos que seguir trabalhando em todas as frentes para melhorar o carro”, avaliou Alonso, que cravou o tempo de 1min26s154. EFE