Autoridades voltam a decretar pré-emergência ambiental em Santiago

  • Por Agencia EFE
  • 23/07/2015 23h37

Santiago do Chile, 23 jul (EFE).- As autoridades chilenas decretaram pré-emergência ambiental para esta sexta-feira em Santiago, devido aos índices de contaminação do ar que afetam principalmente crianças e idosos, informaram fontes oficiais.

A iniciativa proíbe a circulação de 20% dos veículos motorizados que possuem conversores catalíticos cujas placas terminem nos dígitos 3 e 4 e de 60% dos não catalíticos, cujas placas terminem em 0, 1, 2, 3, 4 e 9.

A ordem da prefeitura metropolitana de Santiago, que inclui os municípios limítrofes de Puente Alto e San Bernardo, começa a valer a partir das 7h30 (mesma hora de Brasília) e sua vigência dura até as 21h.

O estado de pré-emergência ambiental representa também a paralisação de atividades de 1.350 indústrias poluentes, a recomendação de evitar atividades ao ar livre e a proibição de acender calefatores a lenha e outros derivados da madeira.

Com 6,3 milhões de habitantes, Santiago está situada em um vale rodeado de montanhas e é considerada uma das cidades mais poluídas da América Latina. EFE