Bienal do Livro do Rio homenageará este ano a Argentina

  • Por Agencia EFE
  • 02/04/2015 18h14

Rio de Janeiro, 2 abr (EFE).- A Bienal do Livro do Rio de Janeiro, o maior evento literário do Brasil e cuja 17ª edição será realizada entre 3 e 13 de setembro próximos, homenageará este ano a Argentina e contará com pelo menos 11 autores do país vizinho como convidados, informaram nesta quinta-feira seus organizadores.

A Bienal contará com “a presença de expoentes da literatura argentina, que farão parte de um elenco de autores dos mais diversos gêneros e nacionalidades”, segundo um comunicado divulgado hoje pelos organizadores da tradicional feira do livro do Rio de Janeiro.

A Argentina sucederá a Alemanha, que foi o país homenageado em 2013.

O evento igualmente renderá uma homenagem, com atos específicos e convidados, aos 450 anos da fundação do Rio de Janeiro, celebrados em 1º de março passado.

A Bienal, tradicionalmente organizada pelo Sindicato Nacional de Editores de Livros (SNEL), ganhará este ano o apoio da firma Fagga GL Events Exhibitions, responsável por 20 diferentes feiras no país.

Entre os autores que já confirmaram sua presença na Bienal deste ano se destacam o americano Raymond E. Feist, autor da série “Saga do Mago”; a britânica Sophie Kinsella; a romancista americana Julia Quinn; e a brasileira Giulia Moon. EFE