Bombardeios desde o Iêmen matam três soldados sauditas

  • Por Agencia EFE
  • 25/08/2015 10h40

Riad, 25 ago (EFE).- Três soldados sauditas morreram após o impacto de vários projéteis nesta terça-feira, disparados desde território iemenita sobre suas posições na fronteira entre ambos países, informou o Ministério do Interior saudita.

O general Mansur al Turki, porta-voz de Interior, garantiu em comunicado que um posto fronteiriço foi alvo de bombardeios de artilharia, morteiro e mísseis na zona saudita de Yazan.

Neste ataque morreu um militar e três ficaram feridos, segundo o porta-voz, que acrescentou que a guarda fronteiriça respondeu com disparos e conseguiu controlar a situação.

Um comunicado posterior da agência oficial saudita “SPA” indicou que dois soldados morreram por causa dos ferimentos sofridos em operações para proteger a fronteira.

Estes tipos de ataques são frequentes desde início, no final de março, de uma ofensiva lançada por uma coalizão militar liderada pela Arábia Saudita contra o movimento rebelde xiita dos houthis no Iêmen.

As áreas mais afetadas foram as províncias sauditas meridionais de Yazan e Nashran, onde também houve alguns enfrentamentos entre soldados sauditas e insurgentes iemenitas.

Na primeira semana de agosto morreram pelo menos seis pessoas, em sua maioria uniformizados, pelo impacto de projéteis em Yazan e Nashran. EFE