Brasil registra em 2013 a maior fuga de dólares desde 2002

  • Por Agencia EFE
  • 08/01/2014 15h25

São Paulo, 8 jan (EFE).- O Brasil registrou em 2013 um fluxo cambial negativo de US$ 12,261 bilhões, a maior fuga de moeda americana desde 2002, divulgou nesta quarta-feira o Banco Central.

O número contrasta com os US$ 16,753 bilhões de saldo positivo na balança cambial com que o país fechou 2012.

Março, abril, maio e novembro foram os únicos meses que registraram números positivos ao longo do ano.

O resultado do ano foi acentuado pelo déficit da conta financeira, que inclui o investimento estrangeiro e a participação em mercados de capital, com um saldo negativo de US$ 23,396 bilhões.

A conta corrente, referente a exportações e importações, fechou com um saldo positivo de US$ 11,136 bilhões.

Em dezembro, a conta financeira apresentou um déficit de US$ 6,898 bilhões e o comercial um saldo negativo de US$ 1,881 bilhão.

A fuga de dólares obedeceu em grande parte a desvalorização acumulada em 2013 do real em relação ao dólar, de 15,49%, que fechou o ano negociado a R$ 2,355 para a compra e R$ 2,357 para a venda no câmbio comercial. EFE