Carlos Andreazza: Jogo eleitoral após atentado voltará ao normal mais cedo que o esperado

  • Por Jovem Pan
  • 10/09/2018 12h30
ReproduçãoDo ponto de vista político, não vejo problema na exploração do atentado contra Bolsonaro por sua campanha, mas é preciso ter clareza

Evidente que o atentado contra Jair Bolsonaro impôs um vácuo ao comando de sua campanha. Com candidato obrigatoriamente fora das ruas, a disputa interna por poder já está dada. Deriva daí a agenda do filho Flávio, que tomou a dianteira. Se isso é bom, é outra história. Do ponto de vista político, não vejo problema na exploração do atentado contra Bolsonaro por sua campanha, mas é preciso ter clareza. Isso autoriza adversários a atacá-lo novamente. É do jogo.

Confira o comentário completo de Carlos Andreazza: