Casais gays participam de casamento coletivo em Miami

  • Por Agencia EFE
  • 10/01/2015 21h11

Miami (EUA), 10 jan (EFE).- Ao todo, 40 casais gays disseram “sim” em um casamento coletivo realizado as margens da Baía de Miami, em um ato para celebrar a legalização dos casamentos homossexuais na Flórida ocorrida nesta semana.

“Hoje, estamos celebrando o amor, porque a Flórida está aceitando o casamento de pessoas do mesmo sexo. Fomos um pouquinho lentos, mas finalmente podemos comemorar”, afirmou à Agência Efe Elizabeth Longo, ministra da organização espiritual Unity on The Bay, de Miami, que coordenou o casamento coletivo gratuito de hoje.

Os casais que participaram da cerimônia expressaram satisfação por agora conseguirem ter “qualidade” e “estabilidade”, já que os organismos estaduais da Flórida outorgam legalidade as suas uniões.

Juan de Hierro e Thomas Gantt Jr. eram um dos casais que entraram com processo civil coletivo em março do ano passado em uma corte federal da Flórida, foram auxiliados pela União Americana de Liberdades Civis da Flórida (ACLU).

“Não pensávamos que seria tão emocionante” disse Hierro à Agência Efe, em alusão ao resultado da batalha contra a lei estadual, respaldada pelos eleitores em 2008, que proibia os casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

A proibição foi abolida quando o juiz federal Robert Hinkle anulou em agosto do ano passado a lei na Flórida por inconstitucionalidade e declarou depois que todos os auxiliares judiciais estavam obrigados pela Constituição a emitir licenças matrimoniais a todos os casais homossexuais que o solicitassem a partir da meia-noite de terça-feira passada.

Para Gustavo Olivieri e Joel Pérez, juntos há 18 anos, essa é a oportunidade de ter os mesmos benefícios que um casal heterossexual.

“Era tão estranho que uma cidade tão aberta aos homossexuais como é Miami não tivesse esses direitos. Bom, conseguimos!”, comemorou Pérez, que disse conseguir sair “da bolha” em que viviam após obter a licença de casamento.

Desde a meia-noite de 6 de janeiro, o casamento entre pessoas do mesmo sexo é uma realidade na Flórida, o 36º estado do país a legalizar este tipo de união.

A incorporação da Flórida, com 19,9 milhões de habitantes, à lista de estados que permitem as uniões entre casais homossexuais significa, em termos de população, que 70% desta reside em áreas do país onde o casamento gay é aceito. EFE

ab/cdr