Desvios na Transpetro podem superar os R$ 500 milhões, especula-se

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2016 11h24
O presidente da Petrobras Transporte (Transpetro), Sérgio Machado, durante entrevista no centro do Rio de Janeiro. - Crédito:TASSO MARCELO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE/Código imagem:179269Sérgio Machado

Os comentários de Fernando Rodrigues desta quarta-feira (1º) foram:

Michel Temer escolhe o tucano Aloysio Nunes Ferreira para ser o líder do governo no Senado. É mais uma tentativa de aproximação do PMDB com o PSDB dentro do Congresso.

A delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, parece ser a mais generosa a respeito de desvio de dinheiro. As cifras variam de R$ 500 milhões a R$ 1 bilhão.

Ouça no áudio do começo do texto.