Divulgação da lista da Odebrecht trouxe sensação de “terra arrasada” em Brasília

  • Por Jovem Pan
  • 23/03/2016 15h23
São Paulo - Polícia Federal chega a construtora Odebrecht na 23ª fase da Operação Lava Jato( Rovena Rosa/Agência Brasil)Polícia Federal chega à sede da Construtora Odebrecht

No Jornal Jovem Pan desta quarta (23) o comentarista político Jovem Pan Fernando Rodrigues comentou a lista encontrada com executivo da Odebrecht que que revela mais de 200 políticos do Brasil inteiro, de 18 partidos diferentes, e detalha supostos repasses feitos a eles (não se sabe se legais ou não). Rodrigues divulgou a lista antecipadamente em seu blog no UOL.

Isso demonstra como os tentáculos da corrupção e do dinheiro sujo atingiam de forma quase indistinta os partidos brasileiros, avalia.

Vale ressaltar que o juiz federal Segio Moro e a força-tarefa da Lava Jato têm procurado demonstrar que até doações legais são, muitas vezes, obtidas por meio de extorsão. 

O comentarista destaca que havia uma sensação inimaginável de impunidade. Era uma lista que nunca se pensava que seria divulgada. 

Rodrigues comentou que a divulgação da lista trouxe um clima de “terra arrasada entre os políticos” em Brasília. Todos os partidos e políticos protagonizam um “burburinho enorme”, preocupados com as declarações dos executivos das empreiteiras, que devem dar declarações à Polícia Federal explicando “tim-tim por tim-tim” as doações, suas origens e finalidades.

Ouça o comentário completo no áudio acima.