Ericsson rompe vínculo com Caterham e fica fora do GP de Abu Dhabi

  • Por Agencia EFE
  • 12/11/2014 22h38
Ericsson não irá correr no GP de Abu Dhabi

A presença da Caterham no Grande Prêmio de Abu Dhabi de Fórmula 1, no próximo dia 23, ainda não foi confirmada, mas mesmo que a equipe esteja no circuito da Yas Marina, o sueco Marcus Ericsson ficará fora da prova, como confirmou o próprio piloto nesta quarta-feira.

Através de um comunicado em seu site pessoal, Ericsson anunciou a ruptura de qualquer vinculação com a escuderia anglo-malaia, que iniciou uma subscrição popular para tentar conseguir cerca de R$ 9,5 milhões para disputar o último GP da temporada.

“Decidi pôr fim, com efeito imediato, a todos os vínculos com a Caterham. É um dia triste, porque gostei de trabalhar junto com a equipe em uma temporada dura e complicada”, afirmou o piloto em seu site.

O sueco, que no ano que vem será titular da Sauber, ao lado do brasileiro Felipe Nasr, agradeceu a todos os funcionários da Caterham pela possibilidade de participar de sua primeira temporada na principal categoria do automobilismo. A experiência, segundo ele, foi de aprendizado e inesquecível.

Sobre seu agora ex-companheiro de equipe, o japonês Kamui Kobayashi, Ericsson disse se tratar de “um ponto de referência inspirador durante todo o ano”. “Espero vê-lo em breve na pista”, completou.