Felipe Moura Brasil: Lula já sente saudade de Moro?

  • Por Felipe Moura Brasil/Jovem Pan
  • 12/11/2018 07h51 - Atualizado em 12/11/2018 10h07
Ricardo Stuckert/Instituto LulaVai ver, o esperneio petista contra Moro é apenas uma saudade não confessada

Enquanto os petistas tentam limpar a sujeira de Lula na indicação de Sergio Moro para ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro, a sujeira de Lula aumenta ainda mais nos autos do processo do sítio de Atibaia.

Depois da turma da Odebrecht, encabeçada por Emílio e seu filho Marcelo, confirmarem a contrapartida pessoal a Lula com as obras da propriedade, Léo Pinheiro, ex-presidente da empreiteira OAS, que também tinha contratos públicos com a Petrobras no governo do PT, confirmou à juíza Gabriela Hardt, substituta de Moro, que Lula lhe pediu pessoalmente para reformar o sítio.

“Ele me explicou que queria fazer uma reforma grande no sítio de Atibaia, na sala e na cozinha, e também no lago. E se poderia mandar uma equipe. Eu disse que gostaria de ir pessoalmente.”

Pinheiro acrescentou que Lula lhe pediu discrição, porque não queria que os operários fossem identificados como funcionários da OAS.

Ora, se a reforma não fosse propina, por que pedir que operários de uma empreiteira do petrolão fossem discretos? O relato indica consciência de Lula tanto do ato ilícito do qual seria beneficiado quanto do risco de ser descoberto.

Pinheiro relatou ainda que levou o arquiteto Paulo Gordilho, pois ele já estava por dentro da obra do triplex.

Segundo Pinheiro, Lula queria que a equipe usada na reforma do triplex também atuasse no sítio, mas a ideia não vingou completamente por causa da distância entre as duas cidades, notadamente Guarujá e Atibaia.

“O presidente até tinha me sugerido pegar o mesmo pessoal que estava fazendo o triplex. Eu na época expliquei a ele que era muito distante, e que era uma empresa subcontratada nossa, a Talento, que fez o triplex do Guarujá. Esse serviço, como era muito menor, seria feito por pessoas nossas mesmo que ficariam morando no sítio.”

Diante de um tratamento tão Vip da Odebrecht e da OAS e da fama de linha-dura da juíza Gabriela, estou começando a achar que Lula também prefere ver atuando no caso do sítio a mesma equipe da Lava Jato que atuou no do triplex.

Vai ver, o esperneio petista contra Moro é apenas uma saudade não confessada.