FIA expressa pesar pela morte de ex-piloto Guy Ligier

  • Por Agencia EFE
  • 24/08/2015 13h58

Redação Central, 24 ago (EFE).- A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) divulgou nesta segunda-feira um comunicado em que demonstra pesar pela morte do francês Guy Ligier, aos 85 anos, ícone da Formula 1 e fundador da escuderia que levava seu sobrenome.

“A FIA e o mundo do automobilismo está de luto pelo falecimento do ícone do automobilismo francês Guy Ligier. Hoje é um dia triste. Guy foi uma figura fundamental no fomento do automobilismo francês internacionalmente”, afirmou o presidente da entidade, Jean Todt.

A FIA lembra que “mais recentemente, Ligier se associou à Onroak Automotive para construir carros que competiram no Mundial de Resistência e em outros campeonatos por todo o mundo”.

“A comunidade da FIA deseja enviar suas mais sinceras condolências à família e amigos de Guy Ligier, e reconhece sua extensa contribuição ao mundo do automobilismo, especialmente em seu país”, acrescenta a federação.

Guy Ligier começou a carreira esportiva como jogador de rúgbi, antes de passar ao automobilismo em 1966. Apesar de não ter conquistado grandes resultados como piloto (apenas um ponto em 13 corridas), o francês se tornou um símbolo da Formula 1 quando fundou a própria escuderia.

No comando da equipe Ligier entre 1977 e 1992, conquistou nove vitórias em grandes prêmios e contribuiu para o crescimento do automobilismo francês com a promoção de pilotos como Jacques Laffite, Patrick Depailler e Didier Pironi. EFE