Governador argentino despede metade de seus funcionários através do YouTube

  • Por Agencia EFE
  • 29/01/2014 13h37

Buenos Aires, 29 jan (EFE).- O Governador da sulina província argentina de Río Negro, Alberto Weretilneck, despediu metade de seus funcionários através de um vídeo publicado na terça-feira no YouTube, no qual também anunciou outras medidas destinadas à “redução de despesas e reordenamento das contas públicas”.

A surpreendente forma de comunicar os demitidos foi revelada nesta quarta-feira pelos meios de comunicação argentinos, nos quais é possível ver a mensagem do governista Weretilneck, que chegou ao cargo em janeiro de 2012 após o assassinato de seu antecessor pelas mãos de sua esposa.

No vídeo, o governador explica que dos 340 funcionários do Poder Executivo provincial, “só ficarão 170” e que estes terão uma redução de 15% do salário.

Weretilnech especificou que no transcurso dos próximos 90 dias o Executivo será “redesenhado”.

Além da redução do número de funcionários, o governador anunciou também que solicitou a renúncia de todos os diretores das empresas públicas provinciais, que passarão a ser dirigidas por apenas um presidente.

Finalmente, Weretilneck indicou que enviará dois projetos de lei à Legislatura de Río Negro, um que será destinado a equiparar os salários do promotor do estado e do tesoureiro da província com os dos ministros de seu Gabinete.

No segundo, o governador solicita que o defensor público e os membros do Tribunal de Contas provincial recebam o mesmo salário dos legisladores. EFE