Hamilton admite erro e diz que escapada custou vitória no GP do Brasil

  • Por Agencia EFE
  • 09/11/2014 19h40

São Paulo, 9 nov (EFE).- O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, admitiu que a escapada na 28ª volta do Grande Prêmio do Brasil, foi o motivo por não ter conquistado a vitória, que acabou ficando com seu companheiro, o alemão Nico Rosberg, vice-líder do Mundial de Fórmula 1.

“A rodada me custou a vitória. Eu estava muito rápido até aquele ponto e naquela volta eu fui um segundo mais rápido. Acho que usei tudo dos pneus e não tinha mais nada. Travei as rodas na curva 4 e rodei, segunda vez que acontece no fim de semana. Culpa minha”, disse o campeão mundial em 2008, em entrevista coletiva.

Apesar do incidente e a dos sete pontos a menos que têm de vantagem para Rosberg agora – que passa a ser 17 -, o britânico definiu o segundo lugar no GP do Brasil como um bom resultado, principalmente pela atuação do rival e companheiro.

“Nico conduziu muito bem, foi defensivo, sem cometer erros”, avaliou Hamilton.

O britânico ainda explicou seu desempenho na reta final, quando deu impressão de que poderia ultrapassar Rosberg, apesar da rodada pouco antes da metade da prova.

“No geral, tive mais ritmo que Nico. Sei que dá para ver isso por ter tirado os sete segundos”, disse o líder do Mundial, em referência ao tempo que tinha de desvantagem após voltar dos boxes em sua segunda parada. EFE

ass/bg