Hamilton diz que é “incrível” poder igualar o número de vitórias de Senna

  • Por Agencia EFE
  • 18/09/2015 09h21

Redação esportes, 18 set (EFE).- O líder do Mundial de Fórmula 1, o inglês Lewis Hamilton (Mercedes), garantiu que é “incrível” que, se alcançar a vitória no Grande Prêmio de Cingapura, vá igualar o recorde de corridas seguidas conquistadas pelo tricampeão mundial brasileiro Ayrton Senna.

“Sempre quis me igualar a Ayrton, estou muito perto do número de corridas que ele competiu (161 de Senna por 160 de Hamilton), e a apenas uma vitória da marca dele”, reconheceu o bicampeão mundial em 2008 e 2014, em entrevista ao site oficial do campeonato.

“Depois do GP da Itália, me notificaram o número de corridas que tinha e comprovei que minha carreira e a de Ayrton são quase correlativas. Não posso acreditar, é incrível”, apontou Hamilton, que poderia igualar neste fim de semana as 41 vitórias do ídolo brasileiro, morto em um acidente no Circuito de Ímola, durante o Grande Prêmio de San Marino de 1994.

Para o piloto inglês não importa se esta vitória número 41 será obtida neste fim de semana em Cingapura ou nas seguintes provas no Japão ou Rússia.

“Não importa que seja neste fim de semana, no próximo ou no seguinte. Espero conseguir o mesmo número de vitórias que Ayrton”, acrescentou Hamilton, que não hesita que, se o piloto paulista tivesse sobrevivido àquele acidente, teria continuado pilotando e ganhando.

“Se Ayrton pudesse ter continuado, teria ganho muitas mais corridas e campeonatos. Por isso, acredito que estou tomando a testemunha vou seguir tentando ganhar pelos dois. Acredito que, se ele estivesse presente, seríamos amigos”, comentou.

Apesar da especial da coincidência, o atual líder do Mundial garantiu que não se centra em igualar o recorde de Senna, mas em ganhar a corrida e continuar seu passo rumo ao título. EFE