“Hoje estamos no paraíso”, diz Vettel após vencer em Cingapura

  • Por Agencia EFE
  • 20/09/2015 23h20

Redação Central, 20 set (EFE).- O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, elogiou o carro que o levou a vencer o Grande Prêmio de Cingapura de Fórmula 1, superando assim a marca de 41 vitórias de Ayrton Senna e ainda admitiu que o fim de semana foi especial, pela supremacia exercida.

“O carro estava fantástico e assim pude controlar minha vantgaem até o fim. Hoje estamos no paraíso, mas sabemos que ainda temos um longo caminho pela frente. Foi uma surpresa que a Mercedes não tenha encontrado o melhor ritmo. Não sabemos o motivo, mas sendo sincero, também não importa tanto”, disse o quatro vezes campeão mundial.

Vettel, definiu todo o fim de semana como “incrível”, ao alcançar a 42ª vitória, em prova que também largou na pole position. Segundo o alemão, o resultado não foi construído com tanta facilidade, principalmente pelo bom desempenho do australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, segundo colocado na prova.

“A corrida foi intensa e longa. Recebi certa pressão de Daniel, já que fomos os dois carros mais rápidos, mas pude controlar o ritmo, cuidar dos pneus, que tiveram bom comportamento em todo o fim de semana”, garantiu o terceiro lugar na tabela do Mundial.

O piloto da Ferrari, que tem 203 pontos na temporada, 49 a menos que o britânico Lewis Hamilton, e oito a menos que o compatriota Nico Rosberg, garantiu que lutará pelo título enquanto houver possibilidade matemática.

“Para as próximas corridas, seguiremos lutando em 100%, daremos tudo de nós, como sempre. Enquanto exisir alguma possibilidade, deveremos ir atrás dela. Temos que fazer tudo o que for possível”, concluiu Vettel. EFE