Homem é preso após deixar 2 mochilas suspeitas em local da maratona de Boston

  • Por Agencia EFE
  • 16/04/2014 00h44

Boston (EUA), 15 abr (EFE).- Um homem foi detido nesta terça-feira perto do local da linha de chegada da maratona de Boston, nos Estados Unidos, depois que abandonou duas mochilas no local, o que levou à evacuação da área e à mobilização do esquadrão antibombas um ano após o atentado que traumatizou a cidade.

Segundo a polícia de Boston, um robô foi enviado para inspecionar as mochilas e as detonou por precaução, sem maiores consequências além do temor despertado no dia em que são lembradas as explosões que deixaram três mortos e mais de 260 feridos em 2013.

A polícia isolou o perímetro da Rua Boylston poucas horas depois que as autoridades do estado de Massachusetts, de Boston e o vice-presidente americano, Joe Biden, participaram de um evento no local em memória das vítimas do atentado.

O local da linha de chegada foi isolado e a estação de Copley do metrô foi fechada temporariamente, assim como os estabelecimentos comerciais da Rua Boylston, para esvaziar a via e para a segurança de todos.

Devido à forte presença de meios de comunicação no local por causa do aniversário dos atentados, vários técnicos viram uma pessoa gritar “Boston Strong” (força Boston) antes de deixar a mochila.

Ainda não se sabe a razão pela qual essa pessoa abandonou as mochilas no local da linha de chegada da maratona, que este ano acontece no dia 21 de abril. EFE

jmr/rpr