Irina Bokova e Herbie Hancock anunciam 3ª edição do Dia Internacional do Jazz

  • Por Agencia EFE
  • 05/03/2014 16h23

Paris, 5 mar (EFE).- A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, e o pianista americano Herbie Hancock, embaixador da boa vontade da organização para o diálogo intercultural, confirmaram nesta quarta-feira a realização da terceira edição do Dia Internacional do Jazz, prevista para ocorrer no próximo dia 30 de abril.

A sede oficial e anfitriã desta festa de caráter mundial, cuja organização conta com colaboração do Instituto de Jazz Thelonious Monk, será a cidade japonesa de Osaka, informou a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura em comunicado.

De acordo com a diretora-geral Unesco, as melodias do jazz “acompanharam as lutas contra o racismo e a favor da democracia para conseguir mudanças positivas na sociedade”.

“O jazz é uma encarnação do espírito da Unesco, já que une pessoas e povos com a finalidade de contribuir para paz, para tolerância e para compreensão”, acrescentou.

Segundo o presidente do Instituto de Jazz Thelonious Monk, Tom Carter, as duas últimas edições “fizeram com que o jazz chegasse a mais de 1 bilhão de pessoas” nos 195 Estados-membros da Unesco, um número que deverá ser superado neste ano.

Para Hancock, “a música sempre serviu para tender pontes entre as diferentes culturas, e o jazz, em particular, é a forma artística musical que se mostra como o mais eficaz instrumento diplomático”.

O Dia Internacional do Jazz, inscrito no calendário de atividades da ONU, coincide com o dia do concurso anual do Instituto de Jazz Thelonious Monk, lembrou a nota.

O objetivo, acrescentou, é fomentar e incentivar o diálogo e o entendimento entre as culturas através desta música, unindo pessoas e povos de todos os cantos do planeta.

Em Osaka, a Meca do jazz japonês, o dia 30 de abril começará com uma série de shows, aulas, mesas-redondas para debates, oficinas de improvisação musical e atividades educativas a cargo de músicos de fama mundial, professores e diplomáticos, ressaltou a Unesco em comunicado.

Já de noite, nos jardins do famoso Castelo de Osaka, o publico poderá conferir um show com grandes estrelas do jazz, o qual será retransmitido através do site da Unesco, do Departamento de Estado americano e do Instituto de Jazz Thelonious Monk.

Neste, entre muitos outros, atuarão Marcus Miller, Esperanza Spalding, Toshiko Akiyoshi, John Beasley, Kris Bowers, Terri Lyne Carrington, Theo Croker, Sheila E., Pete Escovedo, Roberta Gambarini, Kenny Garrett, James Genus, Roy Hargrove e Lalah Hathaway, adiantou a nota da Unesco.

Para que essa jornada seja realmente mundial, o Instituto Thelonious Monk está trabalhando com os escritórios, as comissões nacionais e as redes da Unesco espalhadas pelo mundo, assim como com diferentes universidades, instituições, emissoras públicas de televisão e ONGs. EFE