Islamitas que mataram soldado em Londres são condenados a prisão perpétua

  • Por Agencia EFE
  • 26/02/2014 14h44

Londres, 26 fev (EFE).- Os islamitas Michael Adebolajo e Michael Adebowale, de 29 e 22 anos, foram condenados nesta quarta-feira a prisão perpétua pelo assassinato a facadas do soldado inglês Lee Rigby no dia 22 de maio do ano passado em uma rua de Londres.

Na presença de familiares do soldado, o juiz do tribunal penal de Old Bailey, Nigel Sweeney, impôs a pena, que para Adebolajo não é revisável, enquanto para Adebowale pode ser reavaliada em um prazo de 45 anos. EFE