Abrandamento de pena em caso de estupro coletivo na Espanha revolta população

  • Por Jovem Pan
  • 30/04/2018 10h51
EFEA defesa aguardava pena superior a 20 anos e os envolvidos foram condenados apenas a nove anos de prisão

A imprensa do mundo repercute fato ocorrido na Espanha no campo do crime sexual. Cinco jovens violentaram uma mulher, eles foram condenados, e mesmo assim o povo protesta contra a sentença, porque o juiz descaracterizou a questão do estupro coletivo. Este diz que houve apenas abuso sexual. A defesa aguardava pena superior a 20 anos e os envolvidos foram condenados apenas a nove anos de prisão. Os cinco jovens alegam que a relação sexual foi consentida porque a jovem teria fechado os olhos no momento da agressão. E agora, há protesto de mais de 1,2 milhão para que seja reformada a decisão.

Confira o comentário completo de Joseval Peixoto: