Aos poucos Estado recupera dinheiro surrupiado

  • Por Jovem Pan
  • 11/07/2017 14h35 - Atualizado em 11/07/2017 14h35
A CPI da Petrobras realiza audiência pública para ouvir o empresário Ricardo Ribeiro Pessoa, da UTC (Wilson Dias/Agência Brasil)Ricardo Pessoa, dono da UTC, um dos primeiros megaempresários presos da Lava Jato

Aos poucos o Estado vai recuperando um pouco do dinheiro surrupiado pelo acordo espúrio entre

A UTC costurou acordo de leniência com o ministério da Transparência e aceitou pagar R$ 574 milhões para ressarcir os cofres públicos por danos em 29 contratos.

O acordo, costurado há três meses, é o primeiro do gênero costurado pelo ministério.

As empresas sem leniência ficam proibidas de contratar com o setor público.

Assista ao comentário completo: