Há esperança no combate ao câncer cerebral

  • Por Jovem Pan
  • 27/04/2018 10h48
ReproduçãoPela primeira vez foram feitos estudos em cobaias, no caso camundongos, que receberam tumores humanos e que, mais tarde, foram destruídos pelo vírus zika

O mesmo vírus que deflagrou uma emergência de saúde pública por conta de casos de microcefalia em fetos a partir de 2015 pode ser usado futuramente para tratamento de tumores cerebrais. Pela primeira vez foram feitos estudos em cobaias, no caso camundongos, que receberam tumores humanos e que, mais tarde, foram destruídos pelo vírus zika. Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, a bióloga molecular e geneticista, professora do Departamento de Genética e Biologia Evolutiva do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo, Mayana Zatz, explicou que os testes humanos ainda não estão previstos, mas a expectativa é “muito boa”.

Confira o comentário completo de Joseval Peixoto: